Jurídico/Financeiro Empresas/Negócios

Trabalhador Independente – Regime Simplificado vs Contabilidade Organizada

Partilhar

Na criação de um negócio por conta própria a dúvida mais frequente refere-se ao regime de tributação do rendimento. Ao preencher a declaração de início de atividade, entregue na Autoridade Tributária (AT) o trabalhador independente ficará automaticamente enquadrado no regime simplificado, caso o volume de negócios estimado seja inferior a 200.000€, mas pode optar pelo regime de contabilidade organizada. No regime simplificado a
tributação dos rendimentos auferidos é feita pela aplicação de coeficientes, não considerando as despesas da atividade. Os coeficientes variam consoante a sua área de atividade. Tem menos obrigações fiscais e não é necessário a contratação de um contabilista certificado.

No regime de contabilidade organizada poderá deduzir as despesas da atividade e a tributação será efetuada ao Resultado Líquido. As obrigações fiscais são mais complexas e terá de contratar um contabilista certificado, obrigatoriamente. Para optar deverá ter em atenção o valor das despesas com a atividade e o peso que têm no valor da faturação. Se essas forem poucas, o melhor regime será, em princípio, o simplificado, caso contrário o regime da contabilidade organizada deverá ser ponderado. Na dúvida ou se a atividade é específica o melhor é consultar um profissional qualificado.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *