Editorial

Dinâmicas geradas pelo desporto

Sónia Firmino
Partilhar

Estamos a uma edição do final de 2020, ano que se revelou fatídico para o mundo ainda durante o 1º trimestre. Talvez nunca antes tenhamos sido forçados a parar as economias
mundiais à escala que esta pandemia obrigou. Os motores de qualquer sociedade são as pessoas e as relações que constroem e que empreendem entre si. São as ambições que acalentam, os talentos naturais que desenvolvem e o que de si dão à sua família,aos amigos, à comunidade, ao país, e, sem pretensão, o que de si dão ao mundo. Sintra, entre os seus munícipes e no que ao setor do desporto diz respeito, tem desportistas de elite em várias modalidades. Somos um concelho de turismo balnear e de turismo de Surf e, nesta
modalidade, temos muitos atletas de destaque internacional.

Nesta senda fomos conhecer Nic Von Rupp, surfista de ondas gigantes, local da Praia Grande, e Frederico Gil, tenista de Colares. São dois desportistas de Sintra, amigos, viciados na energia do concelho de onde não querem sair e onde já desenvolvem alguns projetos empresariais. É para Sintra que querem sempre voltar depois da exigência das provas os fazer passar longas temporadas fora do país. São dois jovens de “cabeça arrumada”, com grande vontade de ajudar a dinamizar Sintra. São munícipes de elite que
de um talento natural – cada um com o seu – souberam acrescentar uma dose certa de trabalho árduo. São gente que devia de ser “levada em braços” pelas entidades locais, porque são portugueses e estão entre os melhores do mundo. Aliás, são portugueses de Sintra; são “nossos”!

A par desta dupla, não ligado ao desporto, fomos conhecer o António Mateus Cruz, também de Sintra e também amigo da parelha. O António é gestor hoteleiro e designer de formação, trabalha com a família no restaurante Búzio e tem direcionado para Sintra a sua paixão pela fotografia e pelas comunidades. Ainda sobre o tema desporto, fomos conhecer uma das empresas sediadas no concelho há já bastante tempo, associada da AESintra e líder de mercado, com grande historial no fabrico, instalação, exportação e manutenção de equipamentos para desporto e instalações desportivas; a AFFSports, na Beloura.

Por último, uma menção especial ao ciclo de encontros entre Basílio Horta e Paulo Veríssimo, presidentes da Câmara Municipal de Sintra e da AESintra, respetivamente. Nesta edição marcada pela segunda reunião entre ambos, sinal inequívoco da cooperação entre as duas entidades. A avaliação e desenho de estratégias de futuro para fazer face
aos tempos particularmente difíceis para o comércio e serviços locais que integram o tecido empresarial e comercial de Sintra, são os motivos mais imediatos para esta cooperação.

JEL30 setembro/outubro 2020

Sónia Firmino
Sónia Firmino

Diretora Jornal Economia Local (JEL)

  • 1

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *