SINTRA

Quebra de 80% de visitantes em parques e monumentos

Partilhar

Em 2020, os parques e monumentos geridos pela Parques de Sintra tiveram uma quebra de 80% de visitantes (730.483 entradas), revela a entidade em comunicado. Alguns números:

– Parque e Palácio Nacional da Pena (que inclui o Chalet da Condessa d’Edla) assinalou um decréscimo de 81% face a 2019, com 414.389 entradas;

– Parque e Palácio de Monserrate e Quintinha de Monserrate, registaram quebras na ordem dos 59% e 51%, respetivamente.

– 81% dos visitantes eram estrangeiros; 19% nacionais. Valores esses que evidenciam uma subida de 10% de visitantes nacionais, já que em 2019 tinham representado 9%;

– Os países com maior expressão em termos de visitas foram o Reino Unido (19,8%), França (11,4%) e Espanha (9,5%).

No mesmo comunicado  a Parques de Sintra refere que foram feitos ajustamentos para responder às novas necessidades, como as “Visitas em Exclusivo”, as “Visitas aos Bastidores”, os “Dias do Piquenique”, os “Roteiros dos Parques e Palácios de Sintra”, o concurso de fotografia “Em cada canto um encanto” e os ‘workshops’ de gin “A Alquimia da Natureza”.

Em 2021, a empresa vai dar continuidade ao trabalho realizado até agora, inclusive a nível digital, como a “Visita 360º ao Palácio Nacional de Sintra” e as “Linhas do Tempo”, experiências digitais gratuitas que permitem levar o património a novos públicos, disponibilizando uma grande diversidade de conteúdos.

 

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *