Freguesias SINTRA

Luto municipal – 8, 9 e10 de abril

JEL
Partilhar

Basílio Horta, presidente da Câmara Municipal de Sintra decretou três dias de luto municipal nos dias 8, 9 e 10 de abril de 2021, decorrentes da morte de Jorge Coelho, com a inerente colocação a meia haste da bandeira do Município de Sintra em todos os edifícios municipais, recomendando às diversas freguesias do concelho que se associem à presente homenagem, adotando similar procedimento.

No despacho assinado pelo presidente da Câmara Municipal de Sintra sublinha que, “foi com profunda consternação que tomámos conhecimento do falecimento do Senhor Dr. Jorge Paulo Sacadura Almeida Coelho, figura maior da vida pública nacional e com significativas ligações ao Município de Sintra.”

Basílio Horta lembra que, “no plano nacional, torna-se redundante proceder à enumeração dos diversos cargos políticos e públicos exercidos pelo Senhor Dr. Jorge Coelho, ao longo de cerca de três décadas de intensa vida pública, a par de uma profícua e assídua intervenção nos média.”

O presidente da Câmara refere que, “também o mundo empresarial viria a beneficiar da ação do Senhor Dr. Jorge Coelho, o qual, uma vez finda a sua atividade politica, passou a desenvolver uma muito relevante atividade no mundo empresarial e na área da sua formação académica.”

“Sem embargo da relevância de tudo o que ficou dito, torna-se mister realçar a muito relevante, embora desinteressada e benemérita, atividade cívica que o Senhor Dr. Jorge Coelho em boa hora dedicou ao Município de Sintra, designadamente ao aceitar presidir ao Conselho Estratégico Empresarial de Sintra”, lê-se no despacho.

O presidente da Câmara Municipal recorda que, “enquanto Presidente do Conselho Estratégico Empresarial de Sintra, empreendeu uma forte dinâmica no mesmo, tendente a uma assertiva análise da situação económica do Município, mormente na perspetiva empresarial, assim como a participação e a troca de contributos no âmbito de tal estrutura consultiva, o que em muito contribuiu para o fomento da atividade económica e da atratividade de Sintra como destino de negócio e de investimento, com as inerentes vantagens daí decorrentes para a economia local e as populações residentes”.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *