Economia Local Empresas/Negócios

AESintra elege novos Corpos Sociais

Partilhar

Foram ontem eleitos os novos Corpos Sociais da Associação Empresarial de Sintra (AESintra), para o triénio 2021-2024. À eleição apresentou-se lista única, liderada pelo presidente da direção Paulo Veríssimo que agora renova o cargo anteriormente já assumido. Os novos Órgãos Sociais, nomeadamente o executivo, são na sua generalidade compostos por empresários com experiência diversificada nas áreas que representam, e, tendo em conta os projetos futuros da AESintra, assumidamente capazes de dar continuidade à gestão criteriosa dos recursos humanos, financeiros e materiais, em benefício da sustentabilidade da associação.

Dando a conhecer o percurso empresarial dos novos elementos dos Corpos Sociais, Paulo Veríssimo, regozija-se: “esta equipa tem a particularidade de reunir pessoas de todas as realidades empresariais e geográficas do concelho, dos mais variados setores de atividade e com experiências diversificadas e solidificadas nas áreas que objetivamos dedicar mais esforço de gestão e de acompanhamento.”

Deixamos para leitura integral o Programa de Ação proposto pela equipa, ao qual Paulo Veríssimo quis solidificar o conceito geral da atuação da AESintra nos próximos anos, condicionado, claro está, pelo rescaldo da extraordinária situação económica, imprevisivelmente criada pela pandemia. Neste contexto, o presidente da Direção empossado, salienta a importância de olhar para o tecido económico e empresarial de Sintra com os olhos postos na retoma, primordialmente, mas também no apoio necessário a todos os agentes económicos que não vão conseguir reerguer-se com a rapidez desejável. Nesse sentido, Paulo Veríssimo, apresenta como valorização do Gabinete de Apoio ao Empresário de Sintra já existente, novos campos de ação, nomeadamente, a criação de uma equipa de apoio psicológico que integre as valências já em curso. Valências essas que vão desde a gestão de apoios comunitários, ao apoio diário e corrente associado à dinâmica dos serviços que a AESintra já presta.

Caracterizando o tecido empresarial e económico de Sintra, sabemos que é pujante nas suas características regionais, naturalmente desenhadas num território não muito grande, mas que consegue agregar o que de melhor a ruralidade e a urbanidade podem oferecer. É coeso nas suas representações associativas – humanitária, cultural, desportiva e social – internacionalmente reconhecido pela sua fruição turística e patrimonial, berço de grandes personalidades das mais variadas áreas, escolhido para residência de tantas outras, mas, apesar deste encontro único de potencialidades, pode ser encarado como disperso e não integrador.  Por esta razão, Paulo Veríssimo e toda a sua equipa, têm por objetivo unir todas estas potencialidades num conceito único – MADE IN SINTRA – estabelecendo pontes de contacto e de relação entre pessoas e instituições, conceito aquele, que a expressão inglesa tão bem traduz: CONNECTING PEOPLE.

O vinho e as vinhas, a gastronomia, os produtos regionais, a costa litoral e as suas potencialidades únicas, o património e as pessoas, fundamentalmente as pessoas, são o mote para a criação de um espaço único e físico que possa reunir todas estas potencialidades. Este espaço é uma das propostas da nova equipa da AESintra. Um espaço que possa “ligar pessoas”, divulgar os produtos locais e acrescentar valia e diferenciação nacional e internacional. Um espaço made in Sintra; para o mundo.

A criação de núcleos temáticos, nomeadamente para a Agricultura, para a Economia Social (IPSS) e para a Saúde são outra das apostas de gestão da equipa, que tenciona seguir várias estratégias de ação, particularmente, o reforço constante da empregabilidade de pessoas com deficiência.

Os novos órgãos sociais já começaram a trabalhar para o reforço do tecido empresarial de Sintra. Conforme adiantado por Paulo Veríssimo, no final da assembleia de eleição e da consequente tomada imediata de pose: “a conjuntura é desafiante, mas sinto que o envolvimento e a capacidade de ação desta equipa vai trazer à AESintra e fundamentalmente aos nossos associados, o reforço do que temos vindo a dizer e repetir ao longo dos último anos: ESTAMOS JUNTOS!”

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *