AESintra Segurança Alimentar

Saber interpretar rótulos favorece uma alimentação saudável

Partilhar
(Texto da responsabilidade do Gabinete de Segurança Alimentar da AESintra)

No Dia Mundial da Alimentação, o Gabinete de Segurança Alimentar da AESintra ajuda-o a interpretar rótulos, considerando que, para manter uma alimentação saudável, equilibrada, completa e variada e que siga as orientações da Roda dos Alimentos, não basta conhecer os nutrientes de cada alimento; é também necessário ler a informação presente no rótulo, por ser um excelente aliado na demanda por uma alimentação saudável. Um rótulo é um bilhete de identidade do produto.

De entre os constituintes do rótulo, a lista de ingredientes, a declaração nutricional, as condições de conservação e o prazo de validade, são aqueles que mais condicionam a saúde do consumidor.

Lista de ingredientes

É a informação mais importante de um rótulo no que toca a escolhas e hábitos alimentares. Nela estão contidos todos os constituintes do produto e só com a sua consulta se consegue ter a certeza das melhores escolhas. Esta lista obedece às seguintes regras:

  • Descrição dos ingredientes que se encontram por ordem decrescente relativamente à quantidade, ou seja, o primeiro ingrediente descrito é o que contém maior quantidade e o último menor quantidade;
  • Apresentação de alergénios (alimentos que provocam alergias alimentares ou intolerâncias), de forma clara e realçada (a negrito ou com grafia diferente), por exemplo: glúten;
  • Descrição de aditivos designados pela sua categoria (corante, antioxidante, conservante), pelo seu nome específico (dióxido de enxofre, ácido L-ascórbico) ou pela Letra E seguida de um número de 3 algarismos (ex: E300).

Quanto menor o número de ingredientes, mais natural é o produto alimentar. Por esta razão, devem evitar-se produtos que têm uma lista de ingredientes muito extensa e que contenham nomes dos quais não conhece. Normalmente, nas listas de ingredientes, são usados compostos com diferentes denominações. Um bom exemplo é o açúcar, o qual podemos ver com os seguintes nomes: dextrose, xarope de milho, xarope de malte, glicose, maltodextrina, sacarose, maltose, mel, melaço, caldo de cana.

Declaração Nutricional

Na maioria dos produtos alimentares é obrigatória a apresentação da declaração nutricional do valor energético (Kj e Kcal), dos hidratos de carbono e açúcares (g), das proteínas (g), dos lípidos e ácidos gordos saturados (g) e sal (g). A declaração nutricional dos ácidos gordos mono e polinsaturados (g), fibra (g) e vitaminas e minerais é facultativa.

Quando um produto tem alguma alegação nutricional (exemplo: fonte de cálcio) a sua informação nutricional é obrigatória no rótulo, ou seja, tem que estar descrito a quantidade daquele nutriente em específico.

No rótulo, a declaração nutricional é feita por 100g ou 100ml do produto alimentar em questão. Na maioria dos produtos alimentares constam igualmente o valor nutricional por porção recomendada. Em produtos alimentares que requerem outros alimentos na sua preparação, por exemplo papas, sobremesas e café instantâneo, é apresentado o valor nutricional da porção do alimento em junção com o alimento necessário (descrito na tabela) para a sua preparação.

As gorduras ou lípidos funcionam como reservas de energia. As gorduras saturadas estão presentes em alimentos de origem animal, nomeadamente a gordura das carnes, peles, charcutaria, óleos e manteigas. O seu consumo em excesso pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares.

As proteínas são necessárias para o crescimento e manutenção dos órgãos e estão presentes na carne, peixe, ovos, leguminosas e lacticínios.

Os hidratos de carbono fornecem energia ao nosso organismo para a realização de todas as funções fisiológicas. Estão presentes em cereais, massa, arroz, farinha, pão, batata, leguminosas (hidratos de carbono complexos) e fruta, açúcar e mel (hidratos de carbono simples). O teor de açúcar referente aos hidratos de carbono é obrigatório estar presente nos rótulos. Deve dar-se preferência a alimentos com baixo teor de açúcares, ou seja, não conter mais de 5g de açúcar por 100g para alimentos sólidos e 2,5g de açúcares por 100ml para líquidos.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o consumo de sal não deve ser superior a 5g por dia, pois este, quando em excesso, agrava a hipertensão arterial, que é um fator de risco para doenças cardiovasculares. Recomenda-se que escolha produtos em que o teor de sal é menor que 0,3g por 100g de produto sólido e líquido.

A fibra ajuda a diminuir o risco de obstipação e outras doenças, por isso é importante que se consumam alimentos como fruta, legumes, cereais e derivados de cor escura e leguminosas.

Usualmente são também encontrados símbolos, denominados de semáforo nutricional, que são um guia para uma melhor escolha dos alimentos. São categorizados por cores verde, amarelo e vermelho, sendo que deve preferir os alimentos com mais símbolos verdes. Os semáforos nutricionais são, por norma, baseados nas doses diárias recomendadas para adultos saudáveis que consumam entre 1800 a 2000 kcal diárias.

Prazo de Validade

O prazo de validade é obrigatório nos rótulos. A forma como é apresentado depende do risco de intoxicação associado ao seu consumo. Existem duas denominações diferentes:

  • “Consumir até” – que significa que as propriedades do alimento se alteram após o prazo e há risco de intoxicação no seu consumo;
  • “Consumir de preferência antes de” ou “Consumir de preferência antes do fim de” – que significa que podem ocorrer alterações na textura ou sabor do alimento, mas não há risco associado ao seu consumo após o prazo.

Condições de Conservação

No momento da compra, os produtos devem apresentar as melhores condições de integridade, devendo ser rejeitados os produtos com embalagens esmagadas, abertas ou estragadas e dos quais seja evidenciada a probabilidade de desenvolver intoxicação alimentar. Além disso, para garantir a segurança alimentar até ao momento do consumo, devemos ter atenção às condições de conservação dos alimentos que estão descritas no rótulo.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *