AESintra Freguesias Parceiros

Projeto CAPACITAR MAIS – Integrar pelo trabalho e pela formação

Partilhar

O CAPACITAR MAIS é um pro­jeto da AESintra que está a ser implementado no ter­reno e resulta da candidatura ao Programa Projetos Inovadores e/ou Experimentais para o Desenvol­vimento de Novas Estratégias Lo­cais de Intervenção Social, apoiado pelo Lisboa 2020 – Programa Ope­racional Regional de Lisboa 2014-2020, financiado por fundos eu­ropeus.

O CAPACITAR MAIS objetiva, numa primeira e rápida análise, contribuir para a capacitação de empreendedores, instituições e da própria comunidade. Capaci­tar esses grupos para abordagens de índole técnica, integradas e multidisciplinares, que possam apresentar valia para a sustenta­bilidade da economia local, para a inclusão social e para a melhoria de vida das populações. As ações previstas e calendarizadas passam, maioritariamente, pelo reforço da empregabilidade, pelo incentivo ao empreendedorismo e pela criação de postos de trabalho. Destaca-se ainda o foco na qualificação e na capacitação do capital humano. Territorialmente o CAPACITAR MAIS, tem um raio de ação local, nas freguesias Algueirão-Mem Martins e a União de Freguesias de Queluz e Belas.

O conhecimento atualizado do tecido económico é uma das bases fundamentais de atuação do CAPA­CITAR MAIS, porque, para além de outros indicadores, permite iden­tificar oportunidades de emprego, de formação e de investimento. A pandemia induziu mudanças profundas no sistema económico e social pelo que é estritamente necessário um novo diagnósti­co prospetivo que possa ajudar a identificar as novas necessidades de recursos humanos e formativas das empresas. Esse diagnóstico é o primeiro grande passo de execução do CAPACITAR MAIS que tem como ferramenta soberana a aplicação de um questionário às empresas instaladas nas freguesias nomea­das, capaz de traçar uma estratégia adequada às novas necessidades do mercado, em função da informação recolhida.

Adianta-se que as conclusões, os dados e as informações reco­lhidas e tratadas resultantes da análise e interpretação do univer­so total desse questionário, serão objeto de apresentação pública aos parceiros.

Paralelamente, o CAPACITAR MAIS vai atuar junto da população desempregada. A fraca adequação do perfil dos candidatos às ofertas de emprego disponíveis, já tinha sido um constrangimento iden­tificado. Atualmente, depois de instalada a pandemia, esse cons­trangimento ganhou ainda mais relevância e acabou por expor um cenário de difícil match entre quem procura emprego e as ofer­tas existentes.

Nas freguesias onde o CAPACITAR MAIS vai atuar, não existem dados sobre o perfil dos desempregados, pelo que a AE­Sintra vai, conjuntamente com as instituições locais, trabalhar a di­mensão da empregabilidade, ana­lisando todos os inputs revelados pela interpretação dos resultados do inquérito.

Pessoas, instituições e comuni­dades mais capacitadas permitem o aumento da atividade produtiva, do emprego e dos padrões de vida das populações residentes. Posto isto, para criar uma base de trabalho sus­tentável e fiável a AESintra já está a aferir, junto da comunidade em­presarial local, toda a informação necessária.

Conclui-se este artigo, alertando quem o lê, para a necessi­dade de responder ao questionário enviado digitalmente para as em­presas na área territorial de atuação do CAPACITAR MAIS. Se é um desses empresários, por favor, é muito im­portante a sua colaboração.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *