AESintra Atividades

Parcerias ativas em projetos sociais

Partilhar

O ORIENTA-TE é financiado pelo Programa Escolhas, este ano na sua 8ª geração. O projeto existe há dez anos na freguesia de Rio de Mouro e a Junta local – principal entidade promotora – mobilizou várias entidades para formarem um consórcio que a AESintra passou a integrar durante o corrente ano. O projeto funciona no terreno num espaço cedido pela Junta de Freguesia de Rio de Mouro e tem como entidade gestora a Associação Juvenil Ponte.

Dirigido a crianças e jovens em idade escolar, dos 6 aos 18 anos, o programa tem como objetivos centrais a capacitação dos últimos para a educação e qualificação no âmbito da inclusão digital, o apoio psicopedagógico, objetivando a cidadania, a participação cívica e a saúde física e emocional, ambas muito afetadas pela pandemia. As crianças acompanhadas são maioritariamente afrodescendentes e/ ou migrantes, expostas a situações de negligência ou de violência, seja de enquadramento familiar ou de origem comunitária.

A Joana e a Patrícia, psicólogas, adiantarem ao JEL que existem 50 participantes diretos do projeto, no entanto, há muitos outros que são acompanhados de forma indireta. Conforme adiantado pela primeira das técnicas “não deixamos ninguém para trás” mesmo que a ação não seja de
resposta direta através da rede do consórcio, o ORIENTA-TE já está tão enraizado na comunidade que temos uma rede de parceiros informais a quem recorremos sempre que necessário, tanto mais que, a “porta está sempre aberta a todos e é exatamente desta forma que nos chega a maior parte dos pedidos de apoio.

Mesmo que a resposta não seja do âmbito da nossa atuação e competência, direcionamos para quem de direito”. O ORIENTA-TE acompanha
crianças e jovens que acabam por definir o seu percurso por conta das experiências e competências facultadas e adquiridas, de tal forma que quando perguntámos a uma das técnicas se faziam a diferença na vida dos participantes, a resposta foi bastante emocionada e acabou por referenciar uma dinâmica de grupo em que foi pedido aos participantes que expressassem o que sentiam na presença do símbolo do ORIENTA-TE.

Uma das respostas acabou por marcar Patrícia: “esse símbolo é como se fosse uma mãe para mim. Nem sempre podemos estar, nem sempre podemos vir, mas mãe é mãe e nós sabemos que ela estará sempre lá se precisarmos”. O ORIENTA-TE é uma “família” que faz a diferença na vida
de muitos dos que acompanha. O Carlos Jorge é o exemplo perfeito de como estes projetos sociais são essenciais em comunidades densamente povoadas, desfavorecidas e socialmente frágeis (ver artigo abaixo).

O ORIENTA-TE passa por dificuldades que as técnicas assumem ser o consórcio o primeiro a tentar ultrapassá-las. A principal dificuldade é a incapacidade de alargamento quer em espaço físico, quer em recursos humanos afetos. Outra grande dificuldade é o financiamento que apesar de estar cabimentado na totalidade, é tardiamente disponibilizado, tanto que, “estamos no último trimestre do ano e só recebemos o adiantamento inicial que representa 15% da totalidade. Não fosse o adiantamento de verba da entidade gestora, a Associação Juvenil Ponte, estaríamos em francas dificuldades.”

A AESintra integra o consórcio, fazendo a ponte entre o tecido empresarial e as necessidades da comunidade de Rio de Mouro, porém, o âmbito de apoio da AESintra pode ser alargado na sua génese de atuação, particularmente na capacidade de fornecer formação certificada aos participantes do projeto, em áreas como os Primeiros Socorros, Nutrição e Boas Práticas de Segurança Alimentar.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *