Empresas/Negócios

Lei das Beatas: Cerca de 100 agentes económicos com processos de contraordenação

Partilhar

Segundo dados avançados pelas forças de segurança (PSP e GNR) e pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), mediatizados pela Rádio Comercial, o balanço da aplicação da lei da beatas demonstra que nos últimos dois anos, “foram multadas quase 180 pessoas por atirarem beatas para o chão e cerca de 100 empresas ou agentes económicos foram alvo de processos de contraordenação por não cumprirem a lei que entrou em vigor há cerca de dois anos e que prevê multas para quem atira pontas de cigarro para o chão.”

Na lei das beatas estão também previstas multas para empresas ou agentes económicos e neste caso, segundo mesma fonte, a ASAE instaurou 103 processos de contraordenação devido à falta de cinzeiros à porta de estabelecimentos ou outros locais para depositar as pontas de cigarros.

A ASAE revelou ainda que, além de infrações detetadas em estabelecimentos comerciais, também houve casos, por exemplo, de multas instauradas “a plataformas de embarque que não disponibilizavam cinzeiros ou equipamentos próprios para depositar este tipo de lixo.”

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *