Colares Empresas/Negócios

BioSamara: “O melhor ainda está para vir”

Partilhar
JEL36 – fev. mar. abr. 2022

Há empresas cujo crescimento não foi travado pela pandemia, pelo contrário, investiram em equipamento, aumentaram as instalações e ainda atraíram investidores. O JEL acompanhou uma auditoria de Segurança no Trabalho à BioSamara e percebeu a importância da adaptação aos novos modelos de negócio e do próprio ecossistema empresarial. Da BioSamara chegam-nos só bons sinais.

Da conversa com Luís Miguel Antunes, sócio e membro da direção da empresa, resultou a seguinte entrevista:

Luís, antes de tudo, o que faz a BioSamara? É uma empresa que comercializa alimentos e superalimentos de origem 100% natural, originários de diferentes partes do Mundo e provenientes de cultura biológica ou colhidos selvagens. Os nossos produtos são veganos e estão disponíveis no seu estado cru, ou seja, não são cozinhados ou aquecidos a temperaturas superiores a 45 graus para que todas as suas enzimas, minerais e vitaminas permaneçam intactas e possam ser facilmente assimiladas pelo nosso organismo.

Portugal tem espaço para esse mercado tão específico? Sim, não somos muitos, mas é um mercado concorrido. Porém, o crescente respeito pela Mãe Natureza em pelos alimentos que generosamente ela nos dá – determinantes para o nosso bem-estar físico, emocional, mental e espiritual – tem, gradualmente, atraído muitos seguidores, e hoje a sociedade está muito mais
desperta para a temática. A nossa entrada no mercado causou algum impacto porque os nossos produtos estão certificados e são amplamente reconhecidos pela sua qualidade, mas há espaço para todos. Em 2021 obtivemos as Certificações ISO22000 e ISO9001 e GMP.

Quando e onde nasce a BioSamara? Eu entro na empresa em 2011. Na altura a empresa funcionava numa pequena loja em Almoçageme. Em 2015 senti que o espaço era muito reduzido e demos início ao processo inevitável de mudança de instalações. Depois de mais de dois anos com dificuldade em licenciar o espaço, mudámo-nos para aqui em 2018, não muito longe da
“casa de partida”.

Luís Miguel Antunes, sócio e membro da direção da BioSamara

Quem são os vossos clientes? São pessoas mais atentas a uma alimentação saudável, clientes que seguem terapias mais naturais: naturopatas; medicina chinesa; medicina ayurveda da Índia – temos muitos produtos que são usados na suplementação e nos tratamentos destes sistemas de medicina alternativa.

Chegou março 2020, mês para sempre ligado ao inicio inesperado da pandemia… que, felizmente, não impactou negativamente na BioSamara. O negócio foi sempre crescendo na ordem dos 20 a 25% ao ano e a pandemia não interrompeu esse crescimento. Nos meses iniciais da pandemia, notámos uma ligeira quebra nas vendas que também coincidiu com uma encomenda de grande volume para o estrangeiro, o que acabou por diluir a pressuposta quebra de vendas. Atualmente, produzimos e embalamos produtos alimentares e suplementos biológicos para a marca BioSamara e também para outras importantes marcas nacionais e estrangeiras. A pandemia também não nos impediu de, em 2021, ampliarmos novamente as instalações fabris e adquirir novos equipamentos para dar resposta ao aumento da nossa capacidade de produção para terceiros. Aumentámos as nossas instalações e conseguimos que um grande grupo português investisse na empresa, aliás, desta parceria vão surgir outras oportunidades na área comercial e de marketing, na medida em que os recursos humanos deste parceiro também nos vão ajudar a catapultar a empresa.

E o que está em reserva para o futuro da BioSamara? Estamos a desenvolver e a testar novos produtos e muito em breve vamos ter capacidade para produzir na ordem das toneladas. Somos uma empresa jovem que nasceu e se implementou no mercado com recursos próprios e à medida das suas possibilidades. Com o tempo, passo a passo, vamos criando e crescendo. Nos próximos anos temos previsto a continuação da ampliação das nossas instalações. Vamos, seguramente, aumentar a nossa capacidade de produção e reforçar os nossos recursos humanos. Acredito que o melhor ainda está para vir! O mercado vai perceber as potencialidades da BioSamara e quando isso acontecer vamos ter capacidade para triplicar e até quadruplicar as nossas vendas.

 

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *