Empresas/Negócios País

45% do setor do comércio a retalho não tem presença online

JEL
Partilhar

A Sage, empresa de soluções de gestão empresarial na Cloud, realizou um estudo que teve por principal objetivo a compreensão do impacto da pandemia nos negócios, sobretudo ao nível da digitalização. Apresentamos aqui as das principais conclusões:

– Quase metade (45%) das empresas portuguesas do setor do comércio a retalho não tem qualquer tipo de presença online;

– Mais de metade (53%) destas empresas apresentam como argumento para aquela não presença, a falta de recursos para dar o “salto. Recursos financeiros, internos e a falta de conhecimento são as razões apontadas.

– 65% das PME do retalho ainda não realiza vendas online;

– 71% das empresas deste segmentou perdeu receitas desde o início da pandemia. Em média, as perdas equivaleram a 23% do volume de negócios;

– Só 35% das PME portuguesas auscultadas diz pretender investir num processo de transformação digital;

“Os números deste estudo são preocupantes, porque nos demonstram que o setor do comércio a retalho em Portugal não está verdadeiramente preparado para a situação desafiante que vivemos. Confirmámos uma vez mais que a transformação que há que implementar é profunda e toca o lado cultural e social: é necessária uma verdadeira mudança de mentalidades para que as empresas portuguesas compreendam a vitalidade de se digitalizarem”, salientou Josep María Raventós, country manager da Sage Portugal.

Este inquérito foi realizado pela Sage em Portugal, de forma eletrónica, tendo obtido 287 respostas.

 

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *