Associados Empresas/Negócios

GALUCHO: Dificuldade de recrutamento das empresas

Partilhar

A história da Galucho remonta a 1920, sempre a partir de São João das Lampas. É a 15º maior empregadora do concelho de Sintra, líder de mercado na sua atividade – fabricante de máquinas agrícolas e de equipamentos de transporte – que desenvolve a uma escala internacional, com postos de produção em Portugal e na Argélia.

A empresa cresceu significativamente, de tal forma que lidera o processo de mecanização da agricultura ibérica e em 2023 quer concentrar esforços no mercado francês.

A próxima edição do Jornal Economia Local, com saída prevista para daqui a pouco mais de uma semana, vai ter como especial editorial a dificuldade de recrutamento das empresas, sentida mundialmente em vários setores de atividade e com expressão significativa em Sintra.

A AESintra, no sentido de auscultar o seu tecido associativo e empresarial, esteve hoje na Galucho para perceber o quanto esta dificuldade afeta a realidade de uma das maiores e mais reconhecidas empresas do concelho, acabando por confirmar aquilo que já temia: o crescimento da empresa está condicionado pela falta de mão-de-obra especializada, o que faz parar linhas de produção.

Estivemos à conversa com Nuno Gama Lobo – Diretor de Operações, Gestão, Negócios e Finanças que nos fez um tour surpreendente pelos mais de 2 quilómetros de instalações, onde, inclusivamente, está implementado um Training Center, construído especificamente para fazer frente a esta problemática que é escassez de recursos humanos.

Fique atento à próxima edição do JEL onde publicaremos a entrevista completa.

 

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *